• Chinese (Simplified)EnglishFrenchPortugueseRussianSpanish
  • GOVERNADOR PROVINCIAL DO ZAIRE PRESIDE O ACTO DE ABERTURA DA REUNIÃO REGIONAL DAS ZONAS NORTE E LESTE

    O Governador Provincial do Zaire, Sr. Pedro Makita Júlia, presidiu na manhã de hoje, 23. Set.21, na cidade do Soyo, a sessão de abertura da Reunião Regional de Fronteiras das Zonas Norte e Leste, promovida pela Direcção Geral do Serviço de Migração e Estrangeiros.

    Na ocasião, o titular do Governo local, após saudar e agradecer a Direcção do SME pela eleição da província para albergar o acto, fez saber que a República de Angola partilha com a República Democrática do Congo uma vasta fronteira, onde ocorrem fenómenos de diversas índoles, sobretudo, o tráfico de diamante, de ouro, imigração ilegal, o contrabando de combustível e outros, pelo que assegurou, que o referido encontro é de extrema importância e oportuno, porque vai permitir a troca de experiência e de conhecimento, de formas aprimorar e fortalecer a necessária eficácia e eficiência do trabalho do Serviço de Migração e Estrangeiros nos Postos de Fronteiras.

    “As regiões Norte e Leste necessitam de meios modernos para os dias que correm, porém, para o alcance dos objetivos preconizados deve-se aliar a modernização tecnológica a formação multifacética do homem, porque é o homem que maneja os meios, cuida, permanece nos postos e interage com o seu semelhante de outros pontos do mundo” asseverou o governante.

    Contudo, exortou aos participantes para uma discussão clara, crítica, mas sobretudo, construtiva dos assuntos agendados.

    Ao seu turno, o Director-Geral do SME, Comissário de Migração Principal, João António da Costa Dias, nas palavras de circunstâncias, avançou que “as orientações do executivo da República de Angola relativas à melhoria do Controlo das Fronteiras Nacionais e Imigração, enfatizam a necessidade de se evitar que as fronteiras nacionais sejam acedidas por redes de crimes organizado e migrantes ilegais, por outro lado, recomenda também a facilitação da entrada de outros actores que promovam o desenvolvimento econômico, tais como, turistas, investidores e profissionais de competências pontuais do país”.

    “Nesta conformidade, ao SME o recai a responsabilidade de conceder estratégias e proceder com equilíbrio necessário, com vista a salvaguarda das duas vertentes do interesse nacional” assegurou o titular.

    Por conseguinte, testemunharam o acto de abertura o Delegado e Comandante Provincial da Polícia Nacional no Zaire, Comissário Manuel Gonçalves, autoridades tradicionais e parceiros sociais.

    Participam de igual modo, o Director Geral Adjunto do SME, Comissário de Migração, Tomé Cuanga João, os Directores dos Órgãos Centrais, Directores Provinciais da zona Norte e Leste e técnicos de fiscalização.

    De referir que, de 23 a 24 do mês em curso, a reunião vai analisar e apreciar a Situação Migratória nas Regiões Norte e Leste, o Plano Estratégico Integrado de Intervenção nos Postos de Fronteiras, as Estratégias para Implementação e Monitorização do Acordo de Livre Circulação de Pessoas ao Longo da Fronteira Comum entre Angola e a RDC, a Proposta de Institucionalização das Zonas Regionais Migratórias, assim como, o Informe sobre a Implementação do Comité de Gestão Coordenada de Fronteiras.

    Publicado em: 04/10/21