• Chinese (Simplified)EnglishFrenchPortugueseRussianSpanish
  • MAIS DE DUZENTOS CIDADÃOS DA RDC ABANDONAM VOLUNTARIAMENTE O TERRITÓRIO NACIONAL

    O Posto de Fronteira Terrestre do Chissanda, na Província da Lunda-Norte, registou na Segunda-feira, 06 de Setembro, a saída voluntária de 225 cidadãos que residiam ilegalmente no território nacional.

    Trata-se de 150 homens e 35 mulheres, acompanhados de 40 menores, todos anteriormente residentes ilegais no município do Lucapa, que decidiram regressar ao país de origem.

    Esta decisão é resultado do trabalho de sensibilização sobre a imigração ilegal e suas consequências, levado a cabo por aquela Administração municipal.

    Refira-se que, tendo chegado ao Posto do Chissanda, os cidadãos em causa passaram por um processo de registo pelo SME local e posteriormente recebidos pelas autoridades fronteiriças do Kamako na RDC.

    Publicado em: 10/09/21