• Chinese (Simplified)EnglishFrenchPortugueseRussianSpanish
  • BOLSEIRO DO SERVIÇO DE MIGRAÇÃO E ESTRANGEIROS NA RÚSSIA, CONCLUÍ FORMAÇÃO COM EXCELÊNCIA.

    O Subinspetor de Migração João Pedro António, quadro do Serviço de Migração e Estrangeiros, em formação na Federação Russa, concluiu o Mestrado em Assistência Jurídica de Segurança Nacional, na condição de Bolseiro do MININT/SME.
     
    Depois de uma trajectória de inúmeros sacrifícios que compreendeu um período formativo de 6 anos (2014 a 2020), que incluiu a licenciatura e o Mestrado na Escola Superior Jurídica da Federação Russa, na cidade de Ufa, fruto de muita determinação e espírito de missão, o nosso bolseiro conquistou um saldo académico positivo obtendo a excelente classificação de 18 valores na defesa da dissertação do Mestrado.
     
    Com uma participação que orgulha não apenas o Serviço de Migração e Estrangeiros, assim como o Ministério do Interior, pelo acompanhamento foi ao longo do processo formativo, foi possível constatar a forma dedicada e altiva como o bolseiro João Pedro António soube dignificar a imagem de Angola, junto dos Docentes e instituições russas, bem como, perante os estudantes das demais nacionalidades que se encontravam em formação na mesma academia.
     
    Diante dos imensos desafios que o país e o mundo atravessam, o feito do Subinspetor de Migração João Pedro António, representa não apenas uma conquista e exemplo de superação pessoal. O resultado excelente obtido por este bolseiro, é um sinal de esperança de no futuro, na capacidade dos jovens, e fundamentalmente uma fonte de inspiração. Como um excelente oficial de migração que representante condignamente o nome de Angola, João Pedro António está disponível para outras missões dentro e fora do território nacional em defesa da pátria.
     
    Para além das matérias curriculares do percurso académico ora concluído, o nosso bolseiro, participou em várias conferências internacionais versadas a investigação criminal, dentre as quias:
    – Novas metodologias de investigação criminal;
    – Crimes económicos;
    – Crimes cibernéticos;
    – Fraudes fiscais e aduaneiras;
    – Metodologia e táticas de desarmamento;
     
    Considerando que a formação técnico-profissional dos funcionários de qualquer instituição, afigura-se como desafio crucial que concorre para a melhoria da qualidade do serviço público, preparando-os para os desafios emergentes do país, os conhecimentos e as potencialidades adquiridas pelo Subinspetor de Migração João Pedro António devem ser agregadas com a máxima urgência, nas sinergias existentes no combate das mais variadas formas de criminalidade existentes no país.

    Publicado em: 06/08/20